clients Brand
clients Brand
clients Brand
clients Brand
clients Brand

O projeto

O projeto visa a elaboração e edição de um livro sobre os 60 anos de uma empresa pioneira, que iniciou o transporte público por ônibus elétricos na cidade de Araraquara, em dezembro de 1958. As linhas começaram a funcionar em meados de 1959, sob a administração do então prefeito, Rômulo Lupo. Araraquara foi a primeira cidade do interior paulista a contar com serviços modernos de ônibus elétricos.

História

As linhas da Companhia Tróleibus Araraquara (CTA) começaram a funcionar em meados de 1959, sob a administração do então prefeito, Rômulo Lupo. Araraquara foi a primeira cidade do interior paulista a contar com serviços modernos de ônibus elétricos. A Companhia de Tróleibus Araraquara se expandiu com recursos próprios. Dez anos depois de iniciada sua operação (em 1969), o sistema contava com 29,1 km de rede bilifar, 1 subestação retificadora com 840 KW de potência, 14 veículos e 3 linhas. A partir de 1970, o sistema passou a experimentar um crescimento acentuado, fruto da aquisição – a preços reduzidos – de material de rede e subestações de outras cidades que desativaram o sistema, como Porto alegre, Campos, Rio de Janeiro, Salvador e Fortaleza. Em 1980, o sistema já contava com 60,9 km de rede bilifar, 3 subestações retificadoras com potência total de 2.520 KW, 28 carros e 7 linhas. Em 1974, circula o primeiro carro fabricado na cidade, pela própria CTA.

As expansões de linhas, rede e subestações continuaram até 1984, quando surgiram os primeiros problemas causados pela expansão geográfica da cidade. Alguns bairros, mais afastados e, ainda sem asfalto, não tinham a condição adequada para receber o troleibus, foi então, que companhias privadas começaram a operar na cidade, justamente para atender estas linhas. Ao mesmo tempo em que registrou o pico máximo de trólebus em circulação, a década de 90 marcou também o declínio do sistema no Brasil, em função do fim do subsídio à energia elétrica e ao alto custo das peças que eram feitas sob encomenda. Em 1995, havia 27 ônibus elétricos operando em três linhas e, no final de 1999, a operação do sistema foi suspensa. Uma das linhas foi reativada em março de 2000, mas acabou sendo suspensa definitivamente em novembro do mesmo ano.

O projeto do livro CTA – 60 anos de história objetiva divulgar a história desta companhia pioneira, como parte do crescimento econômico da cidade de Araraquara, para gerações que não terão a oportunidade de conhecê-la, já que o sistema foi desativado no ano de 2002 e em 2016 a empresa perdeu a concessão do transporte público na cidade.

Vídeos

Além da produção de um livro contando os 60 anos de história da Companhia Tróleibus Araraquara, o projeto contemplou a criação de cinco vídeos, que contam de forma lúdica, parte desta história.

Descrição de linhas em 1979

83

Extensão KM

614

Viagens/Dia

46179

Passageiros/Dia

8418

VG x KM/Dia

Presidentes

img
Rômulo Lupo
31/08/1959 a 25/04/1964
img
Achiles Vezzoni
27/04/1961 a 27/04/1964
img
Mário Barbugli
27/04/1964 a 28/04/1966
img
Paulo Elias Antonio
28/04/1966 a 30/04/1984
img
Antonio Moda Francisco
30/04/1984 a 30/06/1988
img
Miguel Tedde Neto
30/06/1988 a 10/04/1993
img
Antonio Clóvis Pinto Ferraz
10/04/1993 a 22/03/1996
img
Elias Chediek Neto
22/03/1996 a 22/05/1997
img
Marco Antonio Soares
23/05/1997 a 16/03/2001
img
Rubens Miranda
16/03/2001 a 13/03/2004
img
Nilson Carneiro
13/03/2004 a 04/01/2009
img
Paulo Alfredo Rodrigues da Silva
05/01/2009 a 24/01/2010
img
Joel Marco Carrera
25/01/2010 a 19/06/2011
img
Leonel Peixe
20/06/2011 a 02/01/2013
img
José Silvio Carvalho Prada
03/01/2013 a 15/05/2016
img
Deivy Tadashi Kawasaki
16/05/2016 a 31/12/2016
img
Nilson Carneiro
13/03/2004 a 04/01/2009

Produção Cultural

O projeto, que é uma realização da ComTexto Cultural, foi desenvolvido com o patrocínio da Lupo e dos Supermecados Palomax e MaxFácil, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC).